E ainda acabarão por anunciar uma indústria submarina de criptomérias

Alguma imprensa açoriana, creio que de forma relativamente frequente no decurso da última metade do ano passado, trouxe a público uma profusão de laudatórias notícias enaltecendo, pelos mais diversos motivos, uma variedade de atributos que situam o arquipélago dos Açores nos limites absolutos do que de mais apetecível e desejável existe no planeta. “Açores entre os vinte melhores lugares para viver”; “O melhor destino de aventura da Europa”; “o hotel tal e tal o melhor hotel-boutique  (não percebi de onde), “Açores – Ilhas Covid Free” e etc.

Continue a ler “E ainda acabarão por anunciar uma indústria submarina de criptomérias”

Nova era para o turismo – lições que vêm dos antípodas

“à medida que recuperamos da pandemia, antes de voltar aos grandes volumes de turismo internacional, temos a raríssima oportunidade de re-imaginar o turismo assente num modelo muito mais sustentável e regenerador” – Stuart Nash, ministro do turismo da Nova Zelândia.

Continue a ler “Nova era para o turismo – lições que vêm dos antípodas”