Quezílias na Subsidiolândia

São bem conhecidas as críticas, frequentemente desabridas, que Michael O’Leary (MO’L), CEO da Ryanair, faz às companhias aéreas de bandeira, aos governos, aos reguladores, aos aeroportos, ao controlo de tráfego aéreo, aos sindicatos e, até, aos clientes. Ainda recentemente, insurgiu-se contra os Governos da Irlanda e do Reino Unido por causa das políticas de restriçõesContinue a ler “Quezílias na Subsidiolândia”

Portugal é um País; não é um Circo rasca

A abundância do fraseado trocado entre o ministro responsável pela TAP e pelas infra-estruturas aeroportuárias, Pedro Nunes Santos, com o presidente da Ryanair, o irlandês Michael O’Leary, está a assumir uma dimensão que já andará aí por alturas dos 10.000 pés. Estamos a falar de aviões e, por isso, é mais adequado adoptar a terminologiaContinue a ler “Portugal é um País; não é um Circo rasca”

Caleidoscópio aéreo

À semelhança de um caleidoscópio, seleccionei diversos momentos ou acontecimentos com diferentes colorações ocorridos recentemente, no âmbito do transporte aéreo, regional, nacional e internacional. Não pretendi ser exaustivo. Limito-me a reflectir o que considerei mais marcante.